MUNICÍPIOS FUNDADORES

MUNICÍPIO GUIMARÃES

Universo debaixo de água: rio

SAB 11H
DOM 15H
Local: Clareira das Azinheiras
Duração: 60 min
Lotação: 20 pessoas/oficina
 
Exploração da bacia hidrográfica do Ave e da sua biodiversidade. 1º parte – O participante inicia com uma viagem guiada por painéis expositivos sobre a caracterização geográfica do rio Ave (nascente, foz, extensão) passando por uma abordagem pelas espécies de fauna e flora mais representativas da região, reconhecendo e diferenciando as espécies autóctones das invasoras. 2º parte – Cada participante terá ao seu dispor figuras que deverá selecionar e posicionar adequadamente num painel de acordo com as características descritas por cada espécie.3ª parte – O participante é convidado a analisar a qualidade ecológica da água através da observação de macroinvertebrados à lupa. Os respetivos macroinvertebrados serão identificados seguindo um guião. Conceção: Laboratório da Paisagem de Guimarães
 

Conceção: Laboratório da Paisagem de Guimarães

MUNICÍPIO GUIMARÃES

UNIVERSO DEBAIXO DE ÁGUA: CRIATURAS DO PLANETA AZUL

SAB 10H
DOM 16H
Local: Clareira das Azinheiras
Duração: 90 min
Lotação: 20 pessoas/oficina

Apresentação do livro “Criaturas do Planeta Azul” É um livro peculiar e divertido com curiosidades sobre algumas criaturas relacionadas com os oceanos e que fazem parte do nosso planeta. A paixão da autora pela ilustração e pelos animais, e a sensibilidade para com as ameaças que inúmeras espécies enfrentam cada vez mais, deram origem a este projeto lúdico-didático em forma de ilustrações dedicado aos nossos oceanos. Para um público maioritariamente infantojuvenil, o livro pretende sensibilizar e ao mesmo tempo divertir o leitor.
 
Conceção: Laboratório da Paisagem de Guimarães
MUNICÍPIO OVAR

Bioresíduos e sustentabilidade

DOM
Horário: 10H-13H | 14H-17H
Local: Clareira das Azinheiras
Duração: 3H
Lotação: 18 pessoas/oficina

Ao olharmos atentamente para o caixote do lixo em casa, encontramos com frequência cascas de frutas, de legumes, de ovos, borras de café ou pão, que resultam da preparação e do consumo de alimentos. A este sem fim de resíduos orgânicos, juntam-se folhas, ramos e ervas, que resultam da manutenção dos canteiros, das hortas ou do jardim lá de casa. O que fazer a estes biorresíduos? Nesta oficina vamos colocar em prática pequenas ideias simples de valorização destes resíduos, seja para a organização
de uma pilha de composto, para a construção de soluções amigas da biodiversidade do seu jardim, ou até produtos originais para a limpeza doméstica.
MUNICÍPIO TORRES VEDRAS

O Pequeno Peixe de Rio: o ruivaco-do-Oeste

SAB E DOM
Horário: 10H-17H
Local: Clareira das Azinheiras
Duração: 30 min
Lotação: 2 famílias/oficina

Os peixes nativos de água doce de Portugal estão seriamente ameaçados devido a numerosos fatores que desequilibram os cursos de água, como a poluição, a destruição de habitats e a escassez de água. Algumas das medidas mais importantes para ajudar a proteger estes peixes envolve a preservação da vegetação aquática e o restauro das galerias ripícolas, mas também, aumentar o conhecimento sobre a ictiofauna nativa dos nossos rios! Os pequenos rios e ribeiras do centro do país, que constituem a Bacia Hidrográfica das Ribeiras do Oeste, albergam diferentes peixes de água doce, alguns dos quais não existem em nenhum outro rio do Mundo! Um destes peixes é o pequeno ruivaco-do-Oeste (Achondrostoma occidentale)! Durante esta atividade pretende-se dar a conhecer o ruivaco-do-Oeste, uma das espécies mais emblemáticas da ictiofauna das linhas de água do concelho de Torres Vedras, mas também, alertar para algumas das ameaças às linhas de água doce e sensibilizar para a importância da conservação dos habitats ribeirinhos. Será desenvolvido um separador de livros em formato de ruivaco-do-Oeste e será decorado ao gosto dos participantes, com recurso a utilização de materiais reutilizados.
MUNICÍPIO VILA NOVA DE GAIA

Hotel de insetos

DOM
Horário: 10H-13H E 14H-16H
Local: Clareira das Azinheiras
Duração: 15 min
Lotação: 10 pessoas/oficina

Para conseguirmos um bom equilíbrio ecológico nas nossas hortas e jardins, precisamos de aliados. Os insetos são heróis com que podemos contar. Ajudam quando as pragas atacam as culturas e são indispensáveis na polinização, que aumenta a produção de frutos e sementes. Neste atelier vamos construir um hotel que lhes sirva de abrigo usando materiais como tijolos, troncos, bambu, palha, folhas secas e rolinhos de papel. A ideia é preencher os espaços livres de forma a fornecer diferentes tipos de recantos, fendas, túneis e camas aconchegantes para os insetos.

Mecenas Exclusivo do BioBlitz


Responsive image
Responsive image
Responsive image

Apoio Institucional


Responsive image

Parceiros


Responsive image

Cofinanciamento


Responsive image

Mecenas do Parque


Responsive image
Definições de Cookies

A Serralves pode utilizar cookies para memorizar os seus dados de início de sessão, recolher estatísticas para otimizar a funcionalidade do site e para realizar ações de marketing com base nos seus interesses.

Estes cookies são necessários para permitir a funcionalidade principal do site e são ativados automaticamente quando utiliza este site.
Estes cookies permitem-nos analisar a utilização do site, por forma a podermos medir e melhorar o respectivo desempenho.
Permitem-lhe estar em contacto com a sua rede social, partilhar conteúdos, enviar e divulgar comentários.

Cookies Necessários Estes cookies são necessários para permitir a funcionalidade principal do site e são ativados automaticamente quando utiliza este site.

Cookies Funcionais Estes cookies permitem-nos analisar a utilização do site, por forma a podermos medir e melhorar o respectivo desempenho.

Cookies Publicitários Permitem-lhe estar em contacto com a sua rede social, partilhar conteúdos, enviar e divulgar comentários.